segunda-feira, 5 de abril de 2010

«O estar-aí é um ser que não surge apenas entra outros seres. Antes, caracteriza-se onticamente pelo facto de neste modo de ser, no seu ser, este mesmo ser estar em causa.»

Heidegger.



Vá, calma. Muita calma!

Respira fundo!

Pensa: "Não sou eu que sou burra, o homem é que não se sabe expressar. Não sou eu que sou burra, o homem é que não se sabe expressar!"

Repete as vezes que forem precisas!

Agora, volta ao trabalho! ;)

4 comentários:

Plastic Love disse...

"Não sou eu que sou burra, sou só uma PROCRASTINADORA*"!!!




*Palavra bonita para preguiçosa.

Plastic Love disse...

Queres que eu te mostre as lindas frases do Jomi? E se eu te disser que li uma delas numa das minhas viagens de comboio, para todos os meus amigos tentarem compreender e nenhum conseguiu atingir a ideia do senhor "eu sou o melhor constitucionalistas e só as altas mentes é que me entendem"?
Neste momento sinto-me muito pouco uma alta mente, aliás nem sinto uma verdadeira mente... Não me sinto nada.

Plastic Love disse...

E se pegarmos no Menezes? uiiii Jesus! Ai é que ninguém compreende nada!

Opinião disse...

E na costa e silva? "acto e processo"